Letras e Números

Publicações recentes do grupo e de seus membros.

Dossiê "Filosofia da Física" (UFT)

2022/2 (ago-dez. 2022): "Filosofia da Física"

A Perspectivas, Revista de Filosofia da Universidade Federal do Tocantins (ISSN: 2448-2390), informa que está recebendo submissões para o dossiê "Filosofia da Física" (v. 7, n. 2, dez. 2022). A Filosofia da Física é um campo de pesquisa ainda pequeno, mas próspero, e que se situa na interseção entre as ciências naturais e as humanidades. Em termos gerais, sua preocupação se fixa em questões que envolvem discussões filosóficas sobre temas pertinentes ao campo da Física como, por exemplo: o escopo e os limites do conhecimento físico; o problema da interpretação de teorias físicas; o significado dos conceitos fundamentais em Física; as questões metodológicas sobre como se adquire conhecimento em Física; as ontologias adaptadas às teorias físicas que envolvem a postulação de entidades e substâncias, por exemplo; as ambiguidades conceituais ou mesmo inconsistências dentro e entre as teorias físicas; os debates históricos no campo da Física; a elaboração conceitual e os problemas da elaboração matemática das teorias físicas; a questão da mudança das noções fundamentais em decorrência das mudanças dos contextos teóricos; as perspectivas metafísicas (ou os pressupostos metafísicos) das teorias físicas; os valores que permeiam as práticas de pesquisa em Física. Como se vê, a lista de questões fundamentais da Filosofia da Física é muito grande. Em virtude disso, a coordenação editorial desse dossiê orienta os pesquisadores a prepararem os artigos de acordo com os seguintes eixos:

  1. Filosofia da Física pré-moderna
  2. Filosofia da Física Moderna
  3. Filosofia da Mecânica Quântica
  4. Filosofia da Física Relativística
  5. Filosofia da Cosmologia
  6. Filosofia dos Físicos
  7. Física, Lógica e Matemática
  8. Física e Metafísica
  9. Estudos de ciências aplicados à Física
  10. História e Filosofia da Física

As instruções e normas da revista estão disponíveis em:

https://sistemas.uft.edu.br/periodicos/index.php/perspectivas/about/submissions.

Prazo final para submissão: 01 junho de 2022.

Organizadores: Antonio Augusto Passos Videira (UERJ); Eduardo Simões (UFT); María de Paz (Universidad de Sevilla); Osvaldo Pessoa Jr. (USP) e Vinícius Carvalho (UFMS)

Dossiê: Qual é o valor da ciência? O debate em metafísica e axiologia da ciência no século XX

Organizadores:Vinícius Carvalho da Silva (Professor da Universidade Federal do Mato Grosso do Sul) Eduardo Simões (Professor da Universidade Federal do Tocantins) André de Oliveira Mendonça (Professor do Instituto de Medicina Social da UERJ)

Sumário
Editorial

O CONVENCIONALISMO METAMETODOLÓGICO DE POPPER: REGRAS CONSTITUTIVAS OU REGULATÓRIAS?                                                                                                                                                                  Alberto Oliva 

CIÊNCIA E DOMÍNIO DA NATUREZA: LIÇÕES DE UM LIVRO CLÁSSICO                                                      Alberto Oscar Cupani 

As relações (positivas) entre realismo, construção, valores e ciência                                                          Antonio Augusto Passos Videira 

POPPER E A ÉTICA MÉDICA: A PROPOSTA DE UM NOVO ETHOS PARA A MEDICINA                        Elizabeth Assis Dias 

ESTABILIDADE HOLÍSTICA, AXIOLÓGICA E ONTOLÓGICA E A ESCOLHA DE TEORIAS                        Marcos Rodrigues da Silva 

Do que estamos falando quando falamos do valor da ciência: Reflexões a partir de Eric Weil           Judikael Castelo Branco 

ALGUMAS LIÇÕES SOBRE O VALOR DA CIÊNCIA A PARTIR DO FENÔMENO DA PÓS-VERDADE Leonardo Rogério Miguel, Caroline Garcia Gonçalves 

Metodologias virtuosas e plausíveis: situando Hasok Chang no debate sobre os valores na ciência Félix Flores Pinheiro 

A produção científica da educação básica sob a perspectiva de Hugh Lacey                                              JOELMA DOS SANTOS GARCIA DELGADO, VERA DE MATTOS MACHADO 

Albert Einstein: religiosidade e política como valores do homem de ciência                                           Eduardo Simões 

Epistemólogos (in)escrupulosos e metafísicos (in)domesticados: Como fazer Filosofia da Ciência entre e com cientistas.                                                                                                                                                                        Vinicius Carvallho da Silva 

Entrevistas

Filosofia da ciência e epistemologias feministas: entrevista com Helen Longino                                            Helen Longino, Yasmin Leonardos Haddad, Jade Bueno Arbo, Maria Helena Silva Soares 

Valor da ciência, defesa do conhecimento e Perspectival Realism: Entrevista com Michela Massimi          Michela Massimi, Vinicius Carvallho da Silva, Ivã Gurgel, Ronaldo Moraca   

O papel dos valores na ciência: entrevista com Hugh Lacey                                                                                 Hugh Lacey, André Oliveira Mendonça 

Filosofia da química e dos materiais: entrevista com Bernadette Bensaude-Vincent                                    Bernadette Bensaude Vincent, Ronei Clécio Mocellin 

Nietzsche e as ciências naturais: entrevista com Pietro Gori                                                                                          Pietro Gori, Wigson Rafael Silva da Costa, Vinicius Carvallho da Silva 


Dossiê "Lógica e Filosofia da Ciência" (UFT)

  • Indicamos o Dossiê sobre "Lógica e Filosofia da Ciência", organizado pelos professores Eduardo Simões (UFT) e Vinícius Carvalho da Silva (FACH-UFMS), membros do Physikos, e pelo professor Valdirlen do Nascimento Loyolla (UFMG).
  • Sumário
  • Artigos
  • APRESENTAÇÃO: Eduardo Simões, Vinícius Carvalho da Silva
  • ALGUNS ASPECTOS DA RELAÇÃO ENTRE LÓGICA E FILOSOFIA DA CIÊNCIA:O MODELO DA EXPLICAÇÃO DEDUTIVO NOMOLÓGICA: Alvino Moser
  • A CLASSIFICAÇÃO DOS PROJETOS E TEORIAS DA VERDADE E O LUGAR DA TEORIA DA CORRESPONDÊNCIA E DO PRAGMATISMO: Eduardo Simões
  • POINCARÉ SOBRE GENERALIZAÇÕES E FATOS - CONSTRUÇÃO OU TRADUÇÃO?: María de Paz
  • A CRÍTICA DE HANS JONAS À UTOPIA DO PROGRESSO TECNOLÓGICO E O NOVO PAPEL DA CIÊNCIA: Jelson R. de Oliveira
  • POPPER E A ELIMINAÇÃO DO PROBLEMA DA INDUÇÃO: Valdirlen do Nascimento Loyolla
  • FORMALIZAÇÃO E AXIOMATIZAÇÃO DE PROVAS ONTOLÓGICAS:DAS CONJECTURAS DE JEANS E SCHRÖDINGER À FORMULAÇÃO COMPUTACIONAL DE BENZMÜLLER E WOLTZENLOGEL PALEO DA PROVA DE GÖDEL: Vinícius Carvalho da Silva
  • Ensaio
  • A CONSOLIDAÇÃO DO EMPREGO DE MODELOS EM FÍSICA A PARTIR DOS SEGUINTES TEMAS:MODELOS MECÂNICOS, UNIDADE DA NATUREZA E ESTRUTURA DO NÚCLEO ATÔMICO: Antonio Augusto Passos Videira

Formalismo matemático e representação física

ANTONIO A. P. VIDEIRA; RAFAEL VELLOSO

PARA ADIQUIRIR

Editora: Scientia Studia. Área: Filosofia da Física. Idioma: Português.  Edição: 2022 


A Associação Filosófica Scientiae Studia lança, inaugurando a mais nova Coleção Domínio Público, o livro de Guido Beck, Formalismo matemático e representação física, com Tradução, Introdução, Notas e Apêndice de Antonio Augusto Passos Videira & Rafael Velloso Luz

O artigo "Mathematical formalism and the physical picture", escrito pelo físico Guido Beck, é indispensável para compreendermos as muitas e diferentes reações à Interpretação de Copenhague da Mecânica Quântica, principalmente ao apresentar a relação entre o formalismo matemático das teorias físicas e sua imagem teórica. Agora, traduzido e comentado em português, a obra se torna uma valiosa contribuição para a Filosofia e História da Ciência em países de língua portuguesa.

Segundo Beck, "uma teoria física pretende fornecer uma representação de certo domínio dos fenômenos físicos. Estamos acostumados a lidar mais com representações físicas do que com os próprios fenômenos".

Para entender o pensamento de Guido Beck, há uma introdução completa, escrita por Antonio Videira e Rafael Luz, que descreve as circunstâncias envolvidas na origem e na elaboração desse texto. Os autores também ressaltam a unidade entre a vida e a obra de Beck, a fim de esclarecer as suas principais ideias. No apêndice, por sua vez, entendemos a análise dimensional e qual sua importância para a física, uma vez que Beck recorre a essa abordagem para justificar seus argumentos.

GUIDO BECK : THE CAREER OF A THEORETICAL PHYSICIST SEEN THROUGH HIS CORRESPONDENCE

 ANTONIO A. P. VIDEIRA AND CARLOS F. PUIG (ORG)

Quantidade limitada no estoque. Envio imediato. Editora Editora Livraria da Física. Área: HISTÓRIA DA CIÊNCIA. Idioma: Inglês. Número de páginas: 656. Edição: 2020 ISBN 9786555630183

This book, which is now made public - when CBPF celebrates the 50th anniversary of the granting of the university mandate by the University of Brazil, which, in turn, completes 100 years of life - is the result of the commitment and persistence of more than two decades of Antonio Augusto Passos Videira, responsible for organizing thousands of documents, which the Austrian scientist Guido Beck bequeathed to CBPF as proof of his respect and esteem for this institution. Videira selected a set of letters that show the development of physics in various parts of the world between the 1920s and 1980s. These documents will contribute significantly to a better understanding of the processes by which physics has become a reality in places as different as Cordoba,Rio de Janeiro, Odessa, Leipzig, and Lyon.

A Concepção Física do Mundo 

EDUARDO SIMÕES

Editora Editora Livraria da Física. Área: FILOSOFIA DA CIÊNCIA. Idioma: Português. Número de páginas:  264. Edição: 2021 ISBN 9786555630350

O presente livro não é uma "História do Atomismo" ou da matéria, nem uma discussão filosófica acerca do realismo de entidades ao longo do tempo. O presente texto nos mostra como a concepção física do mundo, como o próprio termo "concepção" deve sugerir, é obra do engenho, da imaginação. O livro de Eduardo Simões tem o mérito de nos mostrar que a física, que não se resume a contemplar o real, mas a construí-lo, se utiliza de pedras criadas e lapidadas pela razão pura: o átomo, o espaço absoluto, o éter, os campos, os quantas, e tantas outras. Muitas das construções assim edificadas nascem no terreno puramente formal da intelecção e se dirigem às alturas das mais elevadas abstrações, sem jamais tocar a outra margem do rio, sem nunca estabelecer uma conexão com o mundo da experiência. Se tivéssemos que enumerar todas as questões filosóficas que o livro de Eduardo Simões levanta, sem dúvida padeceríamos de tarefa com elevado grau de dificuldade. Não se trata de fazer um inventário, de escrever uma lista. O leitor terá em suas mãos dezenas de páginas cheias de análises detalhadas sobre a vida e a obra de muitos pensadores, abarcando vários períodos históricos, passando por muitas teses filosóficas e teorias científicas. Em certas passagens a competência com que o autor aborda questões muito específicas nos fazem pensar que o livro fora escrito por um físico, outras, nos convencem de que é obra de historiador, e também vemos no texto a mente e as mãos de um epistemólogo. É, portanto, obra plural, cheia de uma expertise multidisciplinar.

Perspectivas Contemporâneas em Filosofia da Ciência Vol. II 

Orgs.
MARIA CRISTINA MACHADO MOTTA
ANTONIO AUGUSTO PASSOS VIDEIRA
FERNANDO FRAGOZO 

PARA ADQUIRIR

Editora Editora Livraria da Física. Área: FILOSOFIA DA CIÊNCIA. Idioma: Português. Número de páginas: 286. Edição: 2021 ISBN 9786555631197

Este segundo volume de Perspectivas contemporâneas em filosofia da ciência traz uma coleção de estudos bastante diversificados. São questões que atualmente suscitam discussão, diálogo e pesquisa sobre a ciência, a sociedade, a história, as teorias e os conceitos, a política, e mesmo a gênese e o desenvolvimento de correntes de pensamento. Estes textos abordam temas que, embora geralmente sejam objeto do estudo de filosofia da ciência, são pouco usuais na academia brasileira. Os autores apostam na abordagem da filosofia não tão somente como história das ideias, mas em entrar nas discussões atuais sobre os temas. O que têm em comum é a percepção de que, sem conhecer a história da ciência e sem o aprofundamento das relações e interações entre autores, tanto filósofos quanto cientistas, o conhecimento e as respostas possibilitados pela pesquisa em filosofia da ciência poderiam se revelar empobrecidos e simplistas e, quando não, deslocados do cotidiano. A abordagem pluralista, cética, holística e rigorosa também são marcas desse grupo de professores, quase todos oriundos das mesmas salas de aula, mas todos reunidos em torno dessas mesmas propostas de discussão, embora cada qual, a seu modo, escolha um caminho diverso e característico, com seus olhares específicos para a ciência, como se produz, como se estabelece e como se relaciona com o mundo e a sociedade em geral. Assim, esta coletânea apresenta uma variedade de perspectivas que oferece a oportunidade de vislumbrar cada um desses pontos de vista, bem como alimentar discussões que são significativas para a vida hodierna. Desde os ensaios livres aos estudos mais rigorosos, o que estes textos têm em comum é essa característica de ser filosofia viva, filosofia em discussão e em construção permanentes, sem busca de verdades finais e absolutas, mas com a fé inabalável de que, também aqui no Brasil, pode-se produzir filosofia, e da mais alta qualidade e pertinência.
Carlos Fils Puig

Income Distribution Dynamics of Economic Systems

An Econophysical Approach

MARCELO BYRRO RIBEIRO

PARA ADQUIRIR

Cambridge University Press. Área: Econofísica; Física e Economia. Idioma: Inglês. Número de páginas: 332. Edição: 2020 ISBN 9781107092532

Econophysics has been used to study a range of economic and financial systems. This book uses the econophysical perspective to focus on the income distributive dynamics of economic systems. It focuses on the empirical characterization and dynamics of income distribution and its related quantities from the epistemological and practical perspectives of contemporary physics. Several income distribution functions are presented which fit income data and results obtained by statistical physicists on the income distribution problem. The book discusses two separate research traditions: the statistical physics approach, and the approach based on non-linear trade cycle models of macroeconomic dynamics. Several models of distributive dynamics based on the latter approach are presented, connecting the studies by physicists on distributive dynamics with the recent literature by economists on income inequality. As econophysics is such an interdisciplinary field, this book will be of interest to physicists, economists, statisticians and applied mathematicians.